Cartão Alimentação

Atenção aos alimentos que você ingere.

Maio 21, 2019

Saiba quais os alimentos que podem contribuir para que você melhore a concentração e a disposição para as atividades do dia a dia.
A alimentação é o elemento-chave na busca pela disposição “a mil”, fazendo com que o dia tenha um ótimo
rendimento. O contrário também é válido, pois alguns alimentos, como os carboidratos em excesso (pães e
bolachas feitas com farinha branca e açúcar refinado), tendem a deixar você mais lento, sonolento e (mais)
estressado.

 

Se você acorda cansado, indisposto e/ou irritado ou vai perdendo a energia ao longo do dia, claramente sua
alimentação precisa melhorar, pois os nutrientes (alimentos) que consumimos no dia anterior e antes de dormir,
fazem com que o nosso organismo não descanse de forma adequada, e ainda comprometem a digestão.

 

E aqui entra outro ponto importante, a qualidade do sono. Se você tem alguma dificuldade ou começou a ter um sono
não reparador, procure auxílio médico para diagnosticar o problema, pois nada adiantará se alimentar de maneira
correta se os pilares corpo e mente estiverem desequilibrados pelo sono excessivo fora de hora.

Então vamos aos nutrientes que podem ajudar você:

 

Magnésio

 

Está presente nas oleaginosas (castanhas em geral), leguminosas (feijão, lentilha, ervilha e amendoim) e vegetais
verde-escuros. Ele é essencial para reduzir a sensação de fadiga, pois atua em diversas enzimas responsáveis pela
produção de energia.

 

Compostos Bioativos

 

O consumo desses alimentos garante a saúde mitocondrial, uma vez que a produção de energia acontece em
grande parte nas mitocôndrias.

Presentes em alimentos arroxeados e avermelhados, como maçã, cebola roxa, alho e frutas vermelhas.
Alimentos antioxidantes, como frutas e verduras.
O consumo variado de legumes e verduras aumenta o aporte antioxidante do organismo, melhorando as funções
do fígado, favorecendo reações metabólicas mais adequadas e o processo de destoxificação.
O trato gastrointestinal é outro sistema beneficiado, permitindo uma melhor absorção de nutrientes.

Então, lembre-se, toda e qualquer indicação de alimentos e/ou preparações deve ser precedida de avaliação, por isso procure sempre um nutricionista para receber orientação correta.

 

Fabiane Almeida | Nutricionista CRN 8 6363

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:
1. BAROOTI, A.; KAMRAN, M.; KHARAZMI, F. et al. Effect of oral magnesium sulfate administration on blood glucose
hemostasis via inhibition of gluconeogenesis and FOXO1 gene expression in liver and muscle in diabetic rats. Biomed
Pharmacother; 109:1819-1825, 2019.
2. CHISTIAKOV, D.A.; SOBENIN, I.A.; REVIN, V.V. et al. Mitochondrial aging and age-related dysfunction of mitochondria.
Biomed Res Int; 2014:1-7,2014.
3. ROY, M.; REDDY, P.H.; LIJIMA, M. et al. Mitochondrial division and fusion in metabolism. Curr Opin Cell Biol; 33:111-8,2015.
4. MARINHO, E.D.C.; CUSTODIO, I.D.D.; FERREIRA, I.B. et al. Relationship between food perceptions and health-related quality
of life in a prospective study with breast cancer patietns undergoing chemotherapy. Clinics; 73:e411, 2018.

 

 

Receita

A receita de hoje é rica em L-theanina, um aminoácido que melhora o foco e relaxa a mente. Pode ser usada
como desjejum, lanche da tarde ou para um lanche pré-estudo, melhorando o foco para o momento do dia que
você mais precisar.

 

Suco Foco Já

Ingredientes:

•3 colheres das de sopa de leite de coco sem açúcar (ou leite de amêndoas)

•½ copo de chá-verde

•2 folhas de couve

•1 banana congelada

•2 tâmaras

•6 folhas de hortelã

 

Modo de Preparo



Bata tudo no liquidificador e beba na sequência.

 

 

Frutas, Legumes e Verduras de Maio: abacate, banana, caqui, kiwi, laranja-lima, limão, maçã, maracujá, tangerina
ponkan, pinhão, agrião, alface, couve-chinesa, cheiro-verde, escarola, repolho, rúcula, abóbora, abobrinha,
chuchu, jiló, berinjela, pepino, quiabo, tomate, vagem, alho, batata-inglesa, cenoura, mandioca, nabo, inhame e
rabanete.

Comentários

Deixe seu comentário

Comentários para este post estão indisponíveis.