Comércio Negócios Varejo Vendas

Como vender com Pix no varejo

julho 8, 2021

O Pix veio para ficar e já é uma realidade para milhões de pessoas no país. Com ele, as operações ficam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana e todos os dias do ano.

 

Para o varejo, esse novo formato de pagamento significa uma maior segurança. O dinheiro é compensado na hora, em até 10 segundos e, por isso, você não precisa depender de liberação do valor da venda para incluir em suas finanças. Uma outra vantagem é que você passa a oferecer mais uma opção de meio de pagamento para o seu cliente.

 

COMO POSSO UTILIZAR O PIX NO MEU NEGÓCIO
É necessário que você e o comprador possuam uma conta bancária e já tenham as chaves cadastradas. Ela pode ser algum dado do estabelecimento ou da pessoa física como o CNPJ ou CPF, e-mail, telefone ou, até mesmo, uma chave aleatória. Você também pode utilizar um QR Code. Ele pode ser estático ou dinâmico, físico ou virtual. O estático é ideal para pequenas empresas e é utilizado para mais de uma transação, já o dinâmico é gerado para cada uma das transações.

 

QUAIS TRANSAÇÕES PODEM SER FEITAS
O Pix vem como um facilitador e abre um mundo de possibilidades simples e, o melhor de tudo, é um meio de pagamento barato para você. Ele pode ser utilizado da seguinte maneira:

 

# Entre pessoas e estabelecimentos comerciais

# Entre estabelecimentos

# Transações para órgãos do governo (pagamento de taxas ou impostos)

# Pagamento de salários e benefícios

 

O Pix abre um mundo de possibilidades e você precisa se adaptar para usufruir de todas as vantagens.

 

Fonte

Comentários

Deixe seu comentário

Comentários para este post estão indisponíveis.