Cartão Senff Datas Comemorativas Lojista Marketing

Dia das Mães: dicas para a sua loja vender mais.

Abril 6, 2022

Qual a origem e importância do Dia das Mães?

 

O Dia das Mães é, inquestionavelmente, uma das datas comemorativas mais relevantes no Brasil.

Comemorado no segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães nasceu nos Estados Unidos, no início do século XX. A homenagem foi idealizada pela norte-americana Anna Maria Jarvis.

 

Ao perder sua mãe, em 1905, Anna quis criar uma data que celebrasse o amor materno. Dali em diante, passou a lutar para que o Dia das Mães fosse difundido e reconhecido em seu país. O objetivo foi alcançado em 1914, ano em que o Congresso dos Estados Unidos oficializou o segundo domingo de maio como uma data fixa para a celebração.

 

Aqui no Brasil, o Dia das Mães foi criado oficialmente em 1932. Seguindo o padrão norte-americano, também estabeleceu que o segundo domingo de maio fosse dedicado a celebrar “os sentimentos e virtudes que o amor materno concorre para despertar e desenvolver no coração humano”.

 

Não demorou muito para o Dia das Mães se consolidar não só como uma comemoração de mães e filhos, mas também como uma das principais datas comerciais do varejo.

 

E não é por acaso. Em pesquisa realizada pela Behup para a CMI/IM-Negócios Globo para dimensionar a relevância da data no Brasil, nove em cada 10 brasileiros afirmaram que o Dia das Mães sempre terá importância.

 

Para muita gente, isso se traduz através de presentes, mimos e lembrancinhas para as mamães. Mesmo quando a grana está curta ou em momentos difíceis como a pandemia.

 

O Dia das Mães em 2021 dobrou as vendas no varejo em comparação a 2020, segundo levantamento da Dito, empresa de CRM para o mercado omnichannel. No total, foram 3,7 milhões de compras realizadas, mais que o dobro das 1,5 milhão de aquisições do mesmo período de 2020. Essa movimentação gerou R$ 2,5 bilhões em receita, contra R$ 668 milhões do ano anterior. 

 

Com a vacinação avançada e redução das restrições sanitárias, 2022 promete ser ainda melhor para os negócios!

 

Por isso, se planeje com antecedência e estratégia

 

Tenha certeza de uma coisa, seja qual for o público-alvo, o seu negócio deve estar preparado para o Dia das Mães.  

 

Essa é a segunda data mais relevante para as vendas, ficando atrás apenas do Natal em quantidade de transações. 

 

Por isso, é essencial estar atento a todos os detalhes na hora de planejar suas vendas. Um planejamento bem executado pode contribuir para a fidelização de novos clientes, que vão voltar à loja em outras ocasiões. 

 

Comece com antecedência, não deixe para os últimos dias. 

 

Reunimos 10 dicas que vão te trazer resultados excelentes daqui até o segundo domingo de maio. 

 

Coloque as ideias em prática se quer ver suas vendas alavancarem!

 

1 – Invista nas redes sociais para atrair clientes

Recheie suas redes sociais com conteúdos para o Dia das Mães. Mescle postagens promocionais com conteúdos que interessem ao público no Instagram e no Facebook, em feed e stories. 

 

Divulgue, por exemplo, dicas dos presentes ideais para cada estilo de mãe, relacionando-as com os produtos disponíveis em sua loja. Esses canais oferecem ótimas oportunidades de interação. Cabe também fazer lives, enquetes nos stories e incentivar os reposts. 

 

2- Pense fora da caixa

Aquela história de que mãe gosta de liquidificador e potes tupperware já não cola mais! Atualmente as mães prezam mais presentes para ela como mulher do que “presentes para a casa”.

Por isso, procure oferecer itens diferentes do clichê. Uma boa ideia para supermercados, por exemplo, é oferecer um kit especial para as mães com produtos para hidratação da pele e maquiagem. 

 

3 – Crie kits e embalagens especiais 

Essa é uma ótima maneira de aumentar seu ticket médio nas vésperas do Dia das Mães. Afinal, um kit nada mais é do que a junção de vários produtos que podem agradar quem os recebe. 

 

Os kits simplificam o processo de escolha, o que acaba estimulando a conversão. Pense em produtos que combinam e fazem sentido serem comprados em conjunto. Essa atitude oferece conveniência e valor aos consumidores.

 

4 – Presenteie seu cliente com um mimo extra para ele dar para a mãe

Pode ser uma rosa, um cartão bonito para ele entregar junto com o presente ou chocolate. O cliente certamente vai notar que você se preocupa com os detalhes e irá priorizar  sua loja nas próximas vezes que precisar de algo que encontra aí.

 

5 – Na hora de oferecer um produto, ofereça o melhor item daquela linha

Se for um secador, por exemplo, mostre o mais avançado. Pode ser que o comprador diga que sua mãe não vai usar tanto assim, que não precisa ser o mais avançado… Mas lembre-o de que as mães sempre pensam no melhor para os filhos e, por isso, merecem essa consideração de volta. Se ele não quiser levar aquele, pelo menos já terá um patamar de preços elevado em mente e será mais fácil fechar a venda de outros itens mais baratos.

 

6-Reforce os estoques e negocie com fornecedores 

É interessante negociar com os fornecedores os valores para ter uma margem maior na hora de oferecer descontos aos consumidores.

Reforce o estoque para suprir o pico na demanda e aproveite que o volume de compras será maior para ter mais argumentos na hora da negociação. Além disso, um armazenamento superior vai ajudar a evitar a ruptura de estoque, permitindo que você use o potencial máximo de vendas da data comemorativa. 

 

7- Prepare sua equipe de vendas

É primordial habilitar o seu time para lidar com o aumento de clientes nessa data. Uma boa opção é treinar os colaboradores para que eles usem uma abordagem que auxilia a tomada de decisão, facilitando o momento da compra. 

 

Como essa data será cheia de promoções, campanhas e eventos diferentes, todos os seus funcionários precisam ficar por dentro das suas estratégias para que eles de fato consigam transpassar segurança e credibilidade aos clientes.

 

O atendimento humanizado é importante na rotina do trabalho em si, mas em datas como essas, ele deve estar em destaque, já que o sentimento é um fator importante aos clientes. Além disso, dê espaço para ideias dos funcionários, afinal eles podem ter boas propostas já que lidam diretamente com os clientes. 

 

8 – Lembre-se que o seu público nessa data é outro

Na hora de criar uma estratégia, muito cuidado com o seu direcionamento, que tem que ser voltado para os filhos e cônjuges, e não para as mães. Pense em um tom de voz e comunicação que converse com esse público e não necessariamente com as mães.

 

9 – Ofereça cartão-presente

No Dia das Mães são os filhos e cônjuges que compram o presente, por isso, eles podem aparecer com bastante dúvidas sobre o que a mãe poderia gostar.

 

Nesse caso, vale ter cartões-presentes com diversas opções de valores para que a mãe possa escolher pessoalmente o presente desejado. 

 

10 –  Métodos de pagamento

Ampliar as ofertas de meios de pagamento é fundamental para facilitar a vida do cliente. Por isso, sinalize bem a sua loja e não perca a oportunidade de vender com seu Senff no Dia das Mães! 

 

Essas são dicas bem básicas que podem fazer uma grande diferença para o pequeno e médio negócio. Colocá-las em prática pode garantir mais vendas nesta data. Esperamos que esse conteúdo ajude a potencializar suas vendas e acima de tudo fidelizar os seus clientes. Não hesite, comece a colocar essas dicas em prática ainda hoje!

 

Fontes:

www.olist.com/blog

www.sebrae.com.br

 

Comentários

Deixe seu comentário

Comentários para este post estão indisponíveis.