Cartão Alimentação

Dicas Nutri – Leite Vegetal

Leite Vegetal, um ótimo substituto para Intolerantes

Já falamos aqui sobre a intolerância à lactose, situação que acomete grande parte da população causando desconfortos como diarreia, gases, estufamento e até enxaqueca, a partir da não digestão da lactose (açúcar presente no leite). Por este motivo, por muitas vezes, o portador desta intolerância deve evitar o consumo de leite e derivados por um período e, para que isso ocorra de forma mais fácil, o uso de “leites” vegetais pode ser uma ótima alternativa.

O consumo de leites ou bebidas vegetais, como também são conhecidas, está constantemente crescendo ao redor do mundo e estão mudando hábitos que antes não se alteravam com facilidade. O motivo? Vamos a alguns deles:

  • Valor Nutricional – fonte de minerais e gorduras boas

  • Ideal para intolerantes e alérgicos à proteína do leite de vaca

  • Sustentabilidade ambiental, pois demandam menos recursos naturais

  • Opção de bebida para veganos

A bebida vegetal pode ser preparada a partir de grãos (arroz), cereais (aveia), tubérculos (inhame) ou oleaginosas (amêndoa, castanhas de caju e do Brasil), que misturados a um pouco de água, geram uma bebida cremosa e aromática, dependendo de qual grão você escolher. No geral, as bebidas têm sabor neutro e isso é uma vantagem já que podemos usá-las tanto em preparos doces quanto salgados. E aqui vai uma dica! Ao fazer em casa o seu próprio leite vegetal, adicione uma tâmara ao bater, isso fará com que ele fique doce sem a adição de algum tipo de açúcar ou adoçante artificial, perfeito para acompanhar um café ou fazer parte de uma sobremesa. A validade é curta quando feita de forma artesanal, portanto, cuidado! Após o preparo, use imediatamente ou congele pequenas porções em garrafas de vidro para uso na receita que desejar.

Se preparar em casa pode parecer um tanto trabalhoso, existem várias opções dentre marcas e sabores diferentes no mercado, mas é preciso ter atenção ao ler o rótulo do produto antes da compra, para não levar gato por lebre. Algumas informações precisam ser levadas em consideração e isso não pode ser deixado de lado. Vejamos alguns itens que podem ou não estar na composição do produto:

Água

Amêndoas e/ou sementes da castanha

Farinha de arroz

Óleo de girassol

Emulsificante lecitina de soja

Adoçantes artificiais como sucralose, acessulfame ou ciclamato

Conservantes

E lembrese, toda e qualquer indicação de alimentos e/ou preparações deve ser precedida de avaliação, por isso, procure um nutricionista especializado na área, para lhe orientar.

Fabiane Almeida | Nutricionista CRN 8 6363

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

1. PASCHOAL, V.; NAVES, A; FONSECA, A.B.B.L. Nutrição Clínica Funcional: dos princípios à prática clínica. São Paulo: VP Editora, 2007.

2. Grupo Pieralisi.

Facebook Comments

comments

comments for this post are closed

Blog Senff

Cras ultricies ligula sed magna dictum porta. Sed porttitor lectus nibh. Vivamus magna justo, lacinia eget consectetur sed, convallis at tellus. Curabitur arcu erat, accumsan id imperdiet et, porttitor at sem. Quisque velit nisi, pretium ut lacinia in, elementum id enim. Mauris blandit aliquet elit, eget tincidunt nibh pulvinar a. Donec rutrum congue leo eget malesuada. Cras ultricies ligula sed magna dictum porta. Cras ultricies ligula sed magna dictum porta. Curabitur arcu erat, accumsan id imperdiet et, porttitor at sem.